Yin Yoga

A prática do Yin Yoga difere de outras práticas por apresentar uma característica passiva e silenciosa que estimula a auto-observação e introspecção.

Uma das intenções da prática é de complementar e aprofundar atividades físicas mais dinâmicas (de natureza Yang). O alvo nesta prática, é trabalhar os tecidos de qualidade Yin, como o tecido conjuntivo. O trabalho feito com o tecido conjuntivo é diferente do trabalho feito com os músculos. Por não responderem tão rápido quanto os músculos, os tecidos conjuntivos precisam ser exercitados de forma diferente.

 

As posturas yin são posturas que desenvolvem a flexibilidade e o desbloqueio do prana, enquanto proporcionam ao longo das práticas uma sensação de relaxamento e conexão. Durante as aulas de Yin Yoga, os alunos permanecem nas posturas de 3 a 5 minutos, relaxando todos os músculos. Pode-se dizer que este é um exercício de ‘tração’ (usando o peso corporal juntamente com a gravidade) e tempo nas posições, para que o tecido conjuntivo possa se mover lentamente, de maneira segura.

 

Durante a prática, na maioria das vezes, o foco das posturas é na região lombar e do quadril, para deixá-las mais flexíveis/ ‘abertas’. Esta ‘abertura’ da região lombar e do quadril traz benefícios para a prática de meditação, que se faz com mais conforto e estabilidade na postura sentada.

 

Um objetivo importante da prática é o de nos induzir a desacelerar de uma rotina e nos desligarmos do estresse do cotidiano, dedicar um tempo para restaurar nossas energias, um tempo para contemplação e introspecção, uma hora dedicada ao corpo e a mente. Este ‘tempo’ é muitas vezes deixado de lado com o nosso costume de sempre estar ‘fazendo’ alguma atividade. Muitas vezes não sabemos o quanto estamos cansados até nos proporcionarmos este espaço para parar e simplesmente ‘estar ali’.

 

Yin Yoga é uma prática com enfoque no silêncio, e na conexão física e mental. Durante as práticas, observam-se os estados mentais e sensações físicas, com a intenção de trazer a qualidade de atenção e consciência, sem apego. Compreende-se então a natureza da impermanência, onde sensações e pensamentos são constantes e passamos a ser observadores de nós mesmos.

 

Como em todos os tipos de prática, por mais que se explique como tudo acontece, só vai realmente conhecer Yin Yoga quem experimentar fisicamente. Espero que o texto tenha sido esclarecedor e que tenha te deixado com pelo menos um pouquinho de vontade de provar. Caso tenha ficado com dúvidas, estamos à disposição para esclarecer ;)

 

Namaste!

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Padma Hare Gracinha

Rua Monte Castelo, 1264 

B. Nossa Senhora das Graças, Canoas - RS

Padma Hare Igara

Rua Luís Maurício Scolari, 120

B. Igara, Canoas - RS

Contato

Telefone / Whatsapp 51 99366-0636

E-mail info@padmahare.com

©2016 Priya Design     |

Privacy Policy     |